Higiene bucal deve começar nos primeiros meses de vida

06/02/2017 - Escovar os dentes de uma criança não é tarefa fácil.

Escovar os dentes de uma criança não é tarefa fácil. Resistir ao uso da escova, não querer abrir a boca e engolir o creme dental são problemas que podem surgir durante o processo, mas os pais não devem desistir: a higienização evita complicações como cáries e até perda dentária. As principais recomendações são iniciar nos primeiros meses de vida e ensinar a criança por meio do bom exemplo.

O fio dental deve ser utilizado já nos dentes de leite. A escovação pode ser feita em família e uma dica é que os pais deem o exemplo para que o hábito de escovar os dentes seja criado.

A partir dos 6 meses

Com o aparecimento dos dentes, pais podem usar massageadores apropriados para a higienização dos dentes. O bebê pode passar a ser um paciente frequente do dentista, indo até duas vezes por ano.

Entre 1 e 3 anos

É a fase ideal para ter uma escova com cabeça pequena e cerdas macias. A técnica de escovação é de "bolinha", fazendo movimentos circulares em cada dente. É importante usar o crem e dental em quantidade do tamanho de um grão de arroz.

 Entre 3 e 6 anos

Nessa fase, a criança atinge os 20 dentes e a escovação em bolinha continua. É importante fazer uso do fio dental.

Entre 6 e 8 anos

Com a chegada dos dentes permanentes, a escova deve ser trocada por um modelo com a cabeça maior. O movimento de escovação passa a ser de cima para baixo e nas laterais. Já é poss ível usar enxaguante bucal apropriado para a faixa etária.

A partir dos 8 anos

A escovação é feita da mesma forma que é realizada por adolescentes e adultos. O fio dental deve ser usado e as faces de dentro e de fora dos dentes devem ser escovadas. O uso do enxaguante bucal também pode ser feito e a língua também deve ser higienizada.

Fonte: saude.estadao.com.br
 
Para entrar em contato
Fone:
11 - 4436.8794